terça-feira, 27 de novembro de 2018

MAIS DE 60 ARTISTAS PARTICIPARÃO DA VI FESTA DOS MÚSICOS EM VICÊNCIA.

EVENTO TERÁ 12 HORAS DE MÚSICA, SEGUNDO ORGANIZAÇÃO.

Pelo sexto ano consecutivo será realizada na cidade de Vicência a festa em homenagem a Santa Cecília, padroeira dos músicos. O evento será realizado nesta quarta-feira a partir das 13 horas, na Praça Joaquim Nabuco. Cerca de 60 artistas, locais, regionais e estaduais se revezarão nas apresentações que abrangerá todos os gêneros.

O organizador da festa, Olávio Batera, promete 12 horas de programação ininterruptas. Dentre as atrações confirmadas estão o cantor Moura Rossi, cover de Reginaldo Rossi e do apresentador Sérgio Dionízio, da TV Tribuna.

sábado, 24 de novembro de 2018

INCÊNDIO EM POSTE DEIXA USUÁRIOS SEM INTERNET EM VICÊNCIA.

FIOS E CABOS PELA RUA.

Fotos: Samuel Cazumbá

Quem passou pela Avenida Manoel Borba na manhã deste sábado, teve que tomar cuidado com o emaranhado de fios e cabos telefônicos e de Internet espalhados pelo chão. De acordo com moradores da localidade, por volta das três horas da manhã, um curto circuito atingiu as fiações de um poste da Celpe localizado em frente à Rádio Vicência FM.

O fogo atingiu os fios e danificou um caixa de som da divulgadora Vale do Siriji. A Celpe foi informada sobre o evento e uma equipe se deslocará para o local para resolver o problema.

A área atingida ficou inteditada por Boa parte da manhã.

domingo, 18 de novembro de 2018

EXEMPLAR DO LIVRO "FAMÍLIA CAZUMBÁ" É DOADO À BIBLIOTECA MUNICIPAL DE VICÊNCIA.

LIVRO É DE AUTORIA DO PROFESSOR JOSÉ BENTO ROSA DA SILVA, DA UFPE.

Fotos: Danillo Cazumbá (Colaboração)

Quatro integrantes da Família Cazumbá de pernambuco compareceram na Biblioteca Municipal Estefânia Carneiro e fizeram a entrega de um exemplar do livro Família Cazumbá (As peculiaridades dos descendentes de africanos nos últimos anos da escravidão e no pós-abolição - Recôncavo da Bahia - 1879/2015).

O livro foi escrito pelo professor/doutor José Bento Rosa da silva, vinculado ao Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (Portugal) e vice-coordenador do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da Universidade Federal de Pernambuco (NEAB/UFPE). 

Uma das matriarcas da família pernambucana, Hilda Cazumbá, a filha dela, Maria Hilda e dois sobrinhos, Samuel e Danillo Cazumbá, entregaram o livro às responsáveis pela Biblioteca. O livro registra o histórico dos descendentes baianos, mas, de acordo com o professor Bento, as histórias se entrelaçam: "Sempre há coincidências e existem Cazumbás espalhados por todo o Brasil. Forma os únicos remanescentes africanos que mantiveram o sobrenome de origem", afirma o pesquisador.

Em 2016, a estudante Graziela Fernanda Santos Queiroz sob a orientação da professora Luíza Nascimento dos Reis, escreveu um artigo para o VIII Encontro Estadual de História, em Feira de Santana, na Bahia, no qual relata o histórico e algumas peculiaridades dos Cazumbás no estado de Pernambuco. Nele há depoimentos dos membros do Clã vicenciano. Leia no link abaixo:

http://www.encontro2016.bahia.anpuh.org/resources/anais/49/1477745686_ARQUIVO_ANPUHBAHIA-11.2016-Cazumba.pdf

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

MARÍLIA MARTINELE, FOTÓGRAFA ALIANCENSE PROMOVE CAMPANHA SOLIDÁRIA.

Donativos ajudarão entidades e pessoas carentes.

Fotos: Marília Martinele (Divulgação)

O ato de ajudar o próximo deve estar sempre presente na vida do ser humano. Seja qual for a situação mais difícil que nos encontremos, devemos lembrar que existem pessoas em situações piores que a nossa. Se cada um fizesse a sua parte, o mundo seria diferente. A solidariedade está dentro de cada um de nós, basta deixá-la florescer.

Com esse pensamento a fotógrafa Marília Martinele, correspondente do jornal Voz do Planalto e Giro Mata Norte, está promovendo a campanha "Vamos ajudar o próximo", através da qual as pessoas poderão doar roupas, brinquedos, fraldas descartáveis infantis e/ou adultas, alimentos não-perecíveis e cadeiras de roda. "Espero que as pessoas de bom coração se engajem nessa campanha, pois ajudar o próximo é uma atitude de amor", pondera a profissional da fotografia.

O Educandário Polivalente Maria Luíza, no distrito de Caueiras, em Aliança, foi um dos colaboradores do projeto. A nota a seguir foi enviada por Marília como forma de agradecimento à instituição:


(sic)"Olhemos ao nosso redor e veremos inúmeras possibilidades de sermos úteis ao nosso próximo, onde há tantos que necessitam". Que Deus abençoe a todos vocês pela atitude de ser essencial, devolvendo a alguém a coragem e a força para continuar na caminhada da vida, em momento algum se ausentaram em prestar solidariedade. Sendo assim, deixaram seus melhores sentimentos emergirem fazendo com que a luz brilhasse e iluminasse a escuridão que estava circundando a vida de tantos ao nosso redor! Essa é minha homenagem em forma de agradecimento aos que fazem o "Educandário Polivalente Maria Luiza", situado a rua da caixa d'água, no bairro de Caueiras na cidade da Aliança-PE. Em especial as pessoas de: Maria Suzana da Silva (diretora) Suany Lanay ( Coordenadora) e aos professores Bruno, Cláudia, Viviane, Thamires, Nenê, Janete, Iraci e Sueli."

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

EQUIPE DA EREM PADRE GUEDES (VICÊNCIA-PE) É CAMPEÃ NACIONAL NA JORNADA DE FOGUETES NO RJ.

EVENTO PROMOVIDO PELA OBA TEVE A PARTICIPAÇÃO DE 43 EQUIPES DE TODO O BRASIL.

Fotos: Állis Silva (Cortesia)

Foi na força, na garra, na determinação e na persistência. Depois de muito treinamento e algumas decepções, os louros da vitória final. Três estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio Padre Guedes, em Vicência, Pernambuco, sagraram-se campeões nacionais na categoria nível 4 em lançamento de foguetes de garrafa pet com combustível à base de reação da mistura de vinagre com bicarbonato de sódio.

Os alunos foram os tempo todo instruídos e acompanhados pelo professor de Física Állis Silva, que em determinados momentos se mostrava mais ansioso do que os estudantes. Luís Henrique, Victor Higino e Mateus Travassos, lançaram um foguete que atingiu 211,3 metros de distância (lançamento oblíquo).

A competição aconteceu no Hotel Fazenda Ribeirão, localizado na cidade de Barra do Piraí, a 125 quilômetros da
Capital do Rio de Janeiro e foi promovido pela OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica). Cinco escolas pernambucanas também enviaram representantes para a disputa.

Alunos e professor já estão retornando para Vicência.