sábado, 7 de outubro de 2017

EQUIPE SHOW DE BOLA TRANSMITE A COPA PERNAMBUCO: PAUDALHO X CARUARU.

JOGO SERÁ REALIZADO EM LAGOA DO CARRO.

A Copa Pernambuco tem prosseguimento neste domingo (08) e a equipe esportiva Show de Bola estará acompanhando o jogo entre as seleções de Paudalho x Caruaru. a partida será realizada no estádio José Gadelha, na cidade de Lagoa do Carro, às três horas da tarde.

A narração será de Samuel Cazumbá, com reportagens de Luciano Marrom e os comentários de Marinaldo Ferreira. Os trabalhos técnicos e o comando é de Alexandre Oliveira. 

Internautas e ouvintes poderão acompanhar a partida pelos seguintes canais:

RÁDIO PAUDALHO FM
RÁDIO CAMARÁ FM
RÁDIO ALTERNATIVA FM (CARPINA)
RÁDIO MATA NORTE SAT (WEB)

GRE MATA NORTE RECEBE ALUNOS E PAIS DO GANHE O MUNDO.

EVENTO ACONTECEU NO AUDITÓRIO DA REGIONAL NO ÚLTIMO DIA 27 DE SETEMBRO.

Fotos: Samuel Cazumbá

Os pais que comecem a se acostumarem com a saudade pelo menos por seis meses. Este é o tempo que os estudantes classificados no Programa Ganhe o Mundo, do governo do Estado de Pernambuco, passarão no Chile, Espanha, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Os estudantes e seus respectivos pais foram convocados para um reunião na qual preencheram os documentos necessários para a viagem. A princípio, os pais foram conduzidos a uma sala onde receberam diversas orientações e tiveram a oportunidade de ouvir o depoimento do professor Samuel Cazumbá sobre a experiência de ter um filho na Nova Zelândia durante seis meses.

O evento continuou no auditório, onde, após a apoteose de abertura, a coordenadora Ademilsa Costa (Dema) deu prosseguimento aos trabalhos junto à sua equipe de trabalho e da empresa responsável pela viagem.

A próxima reunião será no Aeroporto dos Guararapes somente com os intercambistas, onde será dado início à retirada dos passaportes.

VEJA AS FOTOS. CLIQUE AQUI

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

ESCOLA COMUNIDADE CRISTÃ PROMOVE PALESTRA SOBRE SAÚDE DA MULHER.

HOMENS TAMBÉM TIVERAM INFORMAÇÕES SOBRE O OUTUBRO ROSA.

Os alunos da EJA da Escola Comunidade Cristã, na Chã dos Mandados, receberam na noite desta quarta-feira (04) a enfermeira Driele Santos para uma aula diferente. No início da conversa a profissional falou sobre os cuidados com o corpo e o Outubro Rosa, relativo à campanha preventiva sobre o câncer de mama.

Ela alertou sobre os exames que todos deveriam fazer periodicamente: “Através do hemograma poderemos saber sobre diversos problemas como descobrir se temos anemia, diabetes ou qualquer outra alteração no sangue”, informou.


Os alunos da 2ª, 3ª e 4ª fase foram orientados a sempre que possível procurarem um posto de saúde para realizarem os exames de rotina. Os educandos participaram ativamente da palestra, respondendo os questionamentos da palestrante e contando os fatos acontecidos consigo ou com algum familiar.


Além dos diversos assuntos sobre prevenção, os estudantes também foram informados sobre a gratuidade de diversos medicamentos e exames nos postos de saúde. A enfermeira Driele (foto) também alertou as mulheres para que elas fiquem atentas aos exames como a mamografia, o papa Nicolau, citologia, colpocospia, endovaginal, dentre outros. Elas também foram orientadas a fazer o autoexame das mamas de maneira correta.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CARONA PRO PASSADO: DO GRUPO RURAL AO PARQUE DE DIVERSÕES. (Publicação simultânea com o Facebook)

"VOU-ME EMBORA PRO PASSADO!"
(Jessier Quirino)

Arte: José Edinilson (Nilsinho)

A poeira cobre a estrada de terra batida. A brisa de setembro balança as folhas do intenso canavial que cobre de verde a paisagem típica da Zona da Mata pernambucana. Não muito longe avista-se o gado pastando despreocupadamente enquanto algumas mulheres voltam para casa com suas trouxas de roupa lavadas no rio Pagi.

Estou numa monareta, passando em frente ao Grupo Rural, que atende as crianças de campestre e imediações. À frente a Estação do Monte, lugar de negócios, de venda e troca de animais. Entrada da cidade. A recepção é internacional. Volto o olhar para cima e visualizo a imponência da marca Shell, multinacional americana exploradora de petróleo. O Posto com suas bombas arredondadas é de propriedade de Seu Rivaldo e abastece os Fuscas, Brasílias, Variantes, Opalas, Corcéis, Rurais e carros de luxo que chamam a atenção como o Galax ou o Landau.

A bicicleta é pé-duro e tenho que descer para empurrá-la. Mas a visão é agradável. Dá para se deliciar só em olhar para as frutas do sítio de Seu Ozório que está logo ali, a poucas pedaladas. Mas não dá tempo, tenho que correr (o futuro me espera). Monto novamente na magricela e passo direto... mas calma. Tenho sede. Preciso voltar um pouco. Outro posto. É o de Seu Arnor, que além de proprietário é fornecedor de cana para as usinas Barra e Laranjeiras. Outra bandeira internacional: o tigre da Esso reina soberano lá no alto. Seu Arnor tem um Jipe, daqueles da guerra. Arrumado todo. Dou bom dia a Seu Zequinha e paro na barraca de Seu Quitéria. Três caminhões de cana estão parados em frente à bodega: um Dodge, um Chevrolet e um Mercedes Cara Curta. Os motoristas conversam animadamente enquanto comem pão-doce com refresco de abacaxi dentro de uma garrafa de Clipper. Bebo minha água, a qual vem num copo americano, e sigo adiante.

Lembrei-me que minha mãe pediu para passar em Irmão Quintino e saber se a vasilha estava pronta. Nesse tempo as donas de casa mandam consertar panelas de alumínio e Seu Quintino Calixto coloca fundo, solda, remenda e ainda fabrica candeeiros. Luz elétrica é artigo de luxo, assim como água encanada. As pessoas têm que escolher: ou uma coisa ou outra. As panelas ainda não estão prontas. Achei até bom, seguirei a viagem sem ter que carregar nenhum peso. 

Acho que não estou mais andando de bicicleta. O chão sumiu e começo a flutuar. Em câmara lenta. "Que maravilha", penso, "o tempo passará mais lentamente". E assim passo bem devagar em frente ao Bar de Seu Zé Rocha, que fica perto de uma das casas mais bonitas de Vicência, a do Doutor Paulo Tadeu, em frente ao Grupo-pé-de-barreira-ladrão-de-macaxeira-pega-o-pinto-na-carreira-pra-comer-na-sexta-feira. Dou uma brechada na porta do Detelpe. O goleiro Arnaldo está lá. Datilografando um telex. A informação precisa chegar com urgência ao seu destino. Eita! Vou pegar uma prata com meu pai. Seu Manoel Rebolo trabalha no Posto de Mano, também de bandeira Esso. No centro da cidade, em frente à loja de dona Biina. Ele tá lá no dique, coitado, todo sujo de graxa. Põe a mão no bolso do macacão e me dá uma moeda de 500 cruzeiros. Acho que dá pra comprar uma pipoca de arroz e um pirulito Zorro. Não dá pra conversar muito por causa do barulho da água e do som das serras na serraria de Cobra localizada na Rua de João Grilo.

Não é sábado, então não tem a feira de cavalo perto da venda de Seu Nô. Lá em baixo, no finzin daRua do Cisco fica a casa de Seu Simplício, que conserta sofá. Mas me pego no final da Rua Dr. Manoel Borba. Em frente à Sorveteria Itacolomy, do amigo Inaldo. Eita picolé bom da bixiga! E ainda tinha os premiados. Na paleta estava carimbado: vale um picolé grátis. Eu gostava do de menta... e do de chiclete... e do de amendoim... e do de coco... só não gostava muito do pastelizado, parecia isonor. Nem pude pegar um picolé porque a rural de Neto Rodolfo deu um freio em cima de mim. Ôxe! O coração ainda hoje bate!

Mas eu estava em frente à farmácia de Seu Benedito. Onde minha mãe comprava Padrax em pó para tomar na força da lua cheia. As bichas saiam vivas e fuviano. Aí era hora de tomar uma vitamina. Passada ali mesmo, no balcão: Tribedoze, Calcigenol, Teragran Júnior ou Poliplex. Quero entrar em Seu Manoel Carneiro mas não consigo, algo me impede. Meu olhar para diante da estreita porta pintada com tinta a óleo verde. O senhor branco e careca abre a bomboniere (aquelas redondas e cheias de tampas de madeira) e retira um punhado de confeito de mel de abelha. Um pouco mais adiante, Seu Tiago Fotógrafo separa uns monóculos para entregar a uma senhora sentada em uma cadeira de balanço.

Depois de atravessar a calçada da Câmara de Vereadores, que eu não sei nem o que é isso, passo em frente à prefeitura. Só sei que o prefeito ou é Amaury Pedrosa ou é Seu Lula Maranhão. Seu Amaury, além de ser prefeito tem uma loja de fazenda e Seu Lula é dono de quase todos os engenhos de Vicência. Nesse tempo a gente nem sabe o que danado é política; no entanto acabou de passar o carro de som de Seu Lau anunciando que vai ter uma inauguração não sei de que e virá o governador Moura Cavalcante. Mas eu quero é andar. Seu Genival está despachando pão na padaria, onde Seu Bastãozin, meu vizinho, trabalha. Chorei feito um menino (ora, eu sou um menino!) porque não pude entrar e pegar um pouco de massa para a gente fazer nossos pãezinhos em casa.

Olha! É Marcos. Ele está perto do seu pai, Seu Zé de Astro, embrulhando uma quarta de café para um senhor. Os olhos ainda estão lacrimejados e entro escondido no Bar de Lourdes Grande, casada com meu tio, Luiz Ernesto. Eles não podem me ver. Não sou mais desse tempo. O bar é perto da casa de China Machado, casado com Dona Ana Maria, minha professora da segunda série no juvenato-pé-de-pato-vai-pra-missa-sem-sapato. Esta é a rua Grande, onde também reside a família de Seu Daniel Dias, pai de Divânio, Divaneide, Djalma, Diniz, Diva, Petã e Antonieta. Eles perderam um filho num assassinato que chocou a cidade: Danielzinho foi morto por um amigo no bar da rodoviária.

Deixando a tristeza de lado dou uma escorregada na calçada do Banco Econômico, onde trabalham Sissi, Zé Gueba, Wellington, Baixa, Nicodemos, Iolanda, Lalá, Da Lua (meu primo) e Inês. Todos sob o comando de Seu Paulo, o gerente. Nesse momento Ana Gleide aumentou o volume do som na Aky Discos e Evaldo Braga começou a cantar Sorria, Sorria. A loja de Seu João Grilo, Casas Rejane, está aberta. Lá está Da Paz, oferecendo um fogão Semer vermelho e uma radiola Sonata. E quem não quer comer do pão de Seu Manoel Gomes ou de Seu Biu Machado? E a Bolacha Praieira então? Saída do forno com manteiga Cilpe! Sabor incomparável. Quase esquecia. Voltei correndo e passei por baixo do ferrinho no beco da casa de Seu Carlos Sena. Que felicidade!

Hora de cortar o cabelo. Nesse tempo a cabeleira é vasta. Minha mãe não gosta do corte de Seu Tomé. Então eu vou para Seu Pedro Lino, no oitão do mercado. Perto do bar de Dona Zezita, que tinha um apelido pelo qual não gostava de ser chamada, por isso não será mencionado aqui. Dou um tchauzinho a Seu Zé Biló, que está de cabeça baixa costurando um Cavalo de Aço. A barbearia de Seu Tomé está lotada. Não apenas de clientes mas de admiradores da cultura da viola. Ele e Seu Ademar cantam seus repentes.

Na rua da feira tem galinha e peixe no frigorífico de Seu João Coutinho e ninguém precisa ir até posto de gasolina comprar carvão. Seu Senhorzinho vende a saca completa ou quantos quilos o freguês quiser. Acabaram de chegar uns móveis e eletrodomésticos sofisticados na loja de Beto. Lá tem televisão colorida e som 3 em 1. Quem comprar o som já entra na loja de Seu Pedro Nego e grava uma fita cassete com as músicas que quiser. Uma hora de gravação e uma coisa fantástica: ele tem um misturador. Antes de terminar uma música começa outra. Coisa do outro mundo!

Vi uma mulher entrar brava no posto da Compesa para reclamar com Seu Márcio sobre a conta de água. Aproximei-me da janela e ouvi quando ele disse que Austriel iria resolver, mas se o problema fosse vazamento tinha que chamar Seu Zé Calixto ou Lula de Seu Joaquim da Água. A Celpe recebe menos reclamação, mas qualquer coisa é só falar com Seu Inaldo, na esquina que vai para o sindicato ao lado da venda de Seu Zé Nunes, pai de Biu, meu colega de escola.

Ainda dá pra ouvir a voz imponente de Renê Luna, na Difusora Vale do Sirigi, anunciando a chegada do Projeto Rondon na cidade. Passo pelo Sindicato, à minha esquerda a venda de Biu Zomin e o bar de Seu Alfredo. E à direita... o parque! Administrado pela prefeitura. Tem Roda Gigante, Escorrego, Gangorra, Balanço, Cadeirinha e um Quadrado de ferro, o preferido da garotada. Seu Pedro toma conta dos brinquedos.

Parei de flutuar. Senti o chão aos meus pés. Será que poderia brincar um pouquinho? Corri pela areia, pés descalços, fui em direção ao escorrego. Ao segurar na escada para subir uma densa névoa invadiu o ambiente. A mesma brisa que soprara no início foi aos poucos desfazendo as imagens ao meu redor. Estático, apenas observei impotente. Com os olhos marejados vi tudo se esvaindo e se perdendo no infinito do túnel do tempo. Estendi as mãos tentando segurar algo, não deu. As cinzas do passado transpassaram meu corpo e seguiram rumo ao esquecimento (ou não). O fato é que após algum tempo, não sei quanto, fiquei só eu e a velha monareta Monark, que tinha que devolver na oficina de Benedito, ou seria na de Correia? Na dúvida deixei-a lá. É pertinho. Se sentirem falta eles irão buscá-la.

Hora de voltar para o futuro. Mas ainda deu tempo de ouvir ao longe a voz inconfundível de Lula Medeiros, junto com Zé Carlos, Arnaldo, Wilson, Renan Luna e Os Diletantes cantando Mar de Rosas no Clube das Morenas...

Samuel Cazumbá
Agradecimentos: Josuel Cândido e Lula Medeiros.

domingo, 27 de agosto de 2017

JUVENTUDE BATISTA DE VICÊNCIA PROMOVE II VEM LOUVAR.

EVENTO CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DA CANTORA AMANDA FLORENCE.

Os jovens da Igreja Batista em Vicência promoveram na noite deste sábado, 26, o segundo Vem Louvar. O culto foi realizado no templo da Igreja Batista, na Avenida João Ramos Maranhão. Como o próprio nome anuncia, o evento é basicamente musical e desta vez contou com a presença da cantora Amanda Floresce.

Além de entoar canções já conhecidas do público evangélico ela apresentou músicas de sua autoria e no final trouxe uma breve mensagem para os presentes. 


Tendo como tema o mundo tecnológico, o grupo de teatro apresentou uma peça na qual mostrou a dificuldade dos jovens em ter uma relação mais aproximada de Deus por conta do aparelho celular.

A Juventude da Igreja Batista de Vicência tem a coordenação de Adriel Alves e Assyria Oliveira. A presidência é do pastor José Severino (Zezo).



VEJA MAIS FOTOS. CLIQUE AQUI


terça-feira, 22 de agosto de 2017

INTERCAMBISTAS DO GANHE O MUNDO SÃO HOMENAGEADOS NA CÂMARA DE VICÊNCIA.

ESTUDANTES DA EREM PADRE GUEDES VIAJARAM PARA CANADÁ E NOVA ZELÂNDIA.

Fotos: Samuel Cazumbá

Os alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Padre Guedes, em Vicência, PE, receberam na tarde desta terça-feira (22) uma moção de aplausos e congratulações por terem sidos contemplados com uma viagem ao exterior através do Programa Ganhe o Mundo (PGM), do Governo do Estado de Pernambuco.


A proposição de número 009/2017 foi apresentada pelo vereador Alessandro Carlos de Andrade Batista (Professor Sandrão) e aprovada por unanimidade na reunião do dia 15 de agosto (veja vídeo).

Íggor Vinícius Batista de Santana Cazumbá, Laila Kelly de Souza Silva e Lucas de Sales de Oliveira Aguiar viajaram para a Nova Zelândia, enquanto Albert Vinícius de Holanda foi para o Canadá. Eles passaram cerca de seis meses nos países citados, onde deram continuidade aos estudos em escolas pré-selecionadas pelo Programa e ficaram hospedados em casas de famílias nativas.

O Programa Ganhe o Mundo foi criado em 2011 na gestão do então governador Eduardo Campos e oferta de forma gratuita, aos mil melhores alunos participantes do curso de Línguas (Inglês e Espanhol), oportunidade de intercâmbio internacional em escolas públicas ou privadas de países parceiros.

VEJA MAIS FOTOS, CLIQUE AQUI


terça-feira, 15 de agosto de 2017

SAMUEL DA BANANA CONSEGUE APOIOS IMPORTANTES NA DISPUTA DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA.

SETE A SEIS?

Foto: Divulgação

Mal os vereadores saem de uma disputa já entram em outra. Pela segunda vez está em jogo a presidência da Casa Mário Ramos de Andrade Lima. Em uma das pontas está o atual presidente Josenildo Amorim; na outra, Samuel Antônio, o Samuel da Banana, que já ocupou a cadeira principal no passado.

Com bases sólidas e consolidadas no povoado Borracha, os dois parlamentares devem proporcionar uma boa "briga" pela presidência. Enquanto o PDT anunciou aos quatro cantos o apoio a Josenildo, Samuel conseguiu reunir em um restaurante da cidade cinco caros colegas: Neto de Dija, Neco Epaminondas, Nado da Banana, Éder do Detran e Irmão Francisco. (veja foto)

Josenildo teria ao seu lado os vereadores Moisés Dionísio, Irmão Virgulino, Professor Sandrão, Gerson Teodoro e Jorge da Chã do Fogo.

Com o empate de 6 X 6, o chamado Voto de Minerva estaria literalmente nas mãos do ex-presidente Romeu Ataíde. As partes já deram início aos afagos necessários para conquistarem o voto do ex-petista.

As cartas e os votos estão lançados.

Quem viver verá... ou não! 

quarta-feira, 19 de julho de 2017

LOJÃO DOS PRESENTES EM NOVO ENDEREÇO.


REINAUGURAÇÃO COM PRODUTOS EM PROMOÇÃO.

Fotos: Samuel Cazumbá

Há mais de 20 anos fazendo parte do comércio de Vicência, o Lojão dos Presentes se mudou. Mas calma! Para a alegria dos clientes ela foi apenas para o outro lado da rua. A loja de variedades funciona agora na antiga Casas Rejane (João Grilo).

A solenidade de reabertura aconteceu na manhã desta quarta-feira (19) e contou com presença do padre José Marcos, que deu a bênção ao empreendimento. Os proprietários, Júnior e Vaninha, disseram que o investimento visa dar maior comodidade aos clientes e desejam sempre participar de tudo que envolva o comércio local. "Se nós crescermos, conseguiremos, inclusive, contratar mais funcionários", afirmou Vaninha.

Assista ao vídeo e veja mais fotos clicando AQUI

FAEPE LANÇA 25ª AGRINORDESTE.

Colaboração: Marina Lima
Foto: Divulgação

O Centro de Convenções de Pernambuco sedia, entre os dias 23 e 25 de agosto, o 25º Agrinordeste. Com o intuito de fomentar o agronegócio regional e permitir a troca de informações e experiências entre os setores produtivos ligados à agropecuária, o tradicional evento reúne produtores, pesquisadores, instituições educativas, governamentais e financeiras, além de renomados chefs de cozinha de todo o país.

Consolidado no cenário nacional, o Agrinordeste aborda relevantes informações para o setor do agronegócio. O seminário é dividido em três áreas de interesse: Feira de Produtos do Campo e o Espaço Sabor Rural, ambos com entrada gratuita, e o ciclo de palestras. Esse último oferece programação com 63 apresentações, incluindo painéis sobre apicultura, atualidades, bovinocultura de leite, caprinovinocultura, fruticultura, meio ambiente, recurso hídricos e turismo rural.

A iniciativa conta com uma ampla programação, onde o público poderá participar dos ciclos de palestras, visitar a Feira de Produtos do Campo e degustar a culinária regional no espaço Sabor Rural. Tudo sob o comando de especialistas renomados.
O Agrinordeste é uma realização da Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe), com o apoio do Sebrae, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE), do Banco do Nordeste e da Secretaria Estadual de Agricultura e Reforma Agrária. A organização estima que cinco mil pessoas participem do evento, durante os três dias.

FEIRÃO ON-LINE OFERECE CRÉDITO UNIVERSITÁRIO A CUSTO ZERO PARA ESTUDANTES DE PERNAMBUCO.

Até 31 de agosto, alunos do estado têm opção de juro zero em algumas instituições que têm parceria com o PRAVALER, como Estácio e Faculdade Guararapes.

Colaboração: Roberta Sena
Foto: Reprodução da Internet

Estudantes de Pernambuco que querem ingressar na faculdade ainda em 2017, mas ainda não conseguiram fazer a mensalidade caber no bolso, podem contar, até 31 de agosto, com o Feirão Juro Zero do PRAVALER, maior programa de crédito universitário privado do Brasil, para garantir o acesso à graduação.

É que instituições com atuação no estado como Estácio, Faculdade Guararapes e Faculdade Marista - todas parceiras do PRAVALER – participam do Feirão e oferecem o programa de crédito universitário a juro zero ao longo de todo o período de financiamento.

“Com o feirão, levamos aos estudantes um meio rápido e fácil de realizar e manter o sonho da faculdade, permitindo aos estudantes começar a pagar a faculdade apenas em setembro”, diz Rafael Baddini, diretor de marketing e vendas da Ideal Invest.

O benefício da taxa zero vale tanto para calouros quanto para veteranos de Estácio, FBV (Devry Brasil) e Faculdades Guararapes.

Como contratar
Basta acessar o site www.jurozeropravaler.com.br, checar as faculdades participantes, simular o crédito e iniciar o processo de contratação. Tudo é feito por meio online. A empresa realiza rapidamente a análise de crédito e, após aprovação do aluno, dá início à contratação. É necessário contar com um fiador, cuja renda somada à do aluno deve equivaler a, no mínimo, duas vezes e meia a mensalidade. Fiador e aluno não podem ter nome negativado.

Com o PRAVALER você estuda pagando sem juros nas melhores universidades do País. O aluno paga metade do valor da graduação enquanto estuda e a outra metade depois de formado. Ou seja, quem contratar o créditopara uma mensalidade com o valor de R$ 500, pagará duas parcelas de R$ 250, sendo a primeira em setembro.

Anote na sua agenda:
Feirão Juro Zero PRAVALER
Até 31 de agosto

Sobre a Ideal Invest

A Ideal Invest trabalha há 15 anos com soluções para alavancar o ensino superior brasileiro. Desde 2006, a empresa mantém o PRAVALER, maior programa de crédito universitário privado do país. Ao longo dos 10 anos do programa, a Ideal Invest adquiriu expertise e capacidade únicas para ampliar o acesso de estudantes ao ensino superior e auxiliar instituições de ensino na captação e retenção de alunos.

Em uma década, 100 mil alunos foram beneficiados pelo programa e R$ 2 bilhões em mensalidades foram financiadas. A Ideal Invest tem parceria com 400 instituições de ensino de todo o Brasil, o que possibilita a ela viabilizar financiamento a 50% das vagas disponíveis no ensino superior privado presencial do País.

terça-feira, 18 de julho de 2017

LOJÃO DOS PRESENTES MUDA DE ENDEREÇO.

DE UM LADO PARA O OUTRO DA RUA

Fotos: Samuel Cazumbá

A tradicional loja de variedades, Lojão dos Presentes, que há anos funcionou ao lado do Mercado Regional de Artes está de mudança. A partir desta quarta-feira (19) a loja estará funcionando na antiga Casas Rejane (João Grilo).

O endereço continua o mesmo: Rua Vigário Rego, agora em frente à Praça da Bandeira. A inauguração será amanhã, às 8 horas da manhã e contará com a presença do padre José Marcos, pároco da Igreja Matriz Santa Ana.

Como promoção, os clientes que comprarem acima de quinze reais ganharão um refrigerante de dois litros.

EM CAMARAGIBE, ARMANDO MONTEIRO DESTACA TRABALHO DO PREFEITO MEIRA.



Colaboração: José Accioly (A.I.)
Foto: Victor Soares

Em visita ao município de Camaragibe, na Região Metropolitana, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) destacou o empenho da gestão do prefeito Demóstenes Meira (PTB) em realizar ações. O petebista cravou que, no Senado, continuará atuando para destravar projetos em benefício da população e da cidade. Ao lado de Meira, Armando vistoriou a pavimentação da Estrada dos Macacos, em Aldeia, obra custeada com recursos do cofre municipal, e a operação Tapa Buraco.

“O prefeito Meira vem, em poucos meses, imprimindo a marca da administração de um novo tempo em Camaragibe e eu quero ser parceiro desse trabalho”, afirmou o senador. Armando e Meira foram a Estrada dos Macacos. Ao todo, a prefeitura está pavimentando e fazendo a drenagem de 830 metros de via. Serão investidos R$ 450 mil e, quando concluída, a estrada será uma alternativa para desafogar o trânsito da região. O endereço servirá de via de escoamento para a BR-101.

O senador Armando Monteiro e o prefeito Demóstenes Meira também visitaram a Avenida Padre Ozeas Cavalcanti, que recebe o trabalho de recuperação asfáltica. Esse é um dos diversos corredores viários que estão sendo recuperados dentro da operação Tapa Buraco. Por mês, a prefeitura tem investido cerca de R$ 200 mil no projeto.

Na visita, o prefeito Meira destacou outras iniciativas da gestão. Entre elas estão a reabertura dos postos de saúde e do laboratório de análises clínicas; a volta das gratificações do SUS aos servidores da saúde; a limpeza de 14 quilômetros de canais, entre os bairros de Alberto Maia e Nazaré; o pagamento do piso salarial dos professores; dentre outros projetos. “A gente tem trabalhado para que a cidade cresça. Em pouco mais de seis meses, fizemos muitas obras com recursos próprios”, sublinhou o prefeito.

“O PTB tem a satisfação de poder contar com o prefeito Meira em seus quadros, que tem feito um trabalho que é referência em Pernambuco. É um homem austero, zeloso com os recursos públicos e que em muito pouco tempo pode fazer muito", disse Armando. “O PTB quer oferecer uma nova agenda ao Estado. Do mesmo modo que Camaragibe está vivendo uma nova fase, eu espero que em Pernambuco se inaugure em 2018 um tempo novo", concluiu o petebista.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

OS CRISTÃOS, A FÉ E A HIPOCRISIA. (Publicação simultânea com Facebook)

TRAGÉDIA EM CENTRO ESPIRITA DEIXA CLARA A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA NO BRASIL.

Imagem da Internet

"Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois com o juízo com que julgardes, e com a medida com que tiverdes medido, hão de vos medir. (...) Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás claramente para tirar o cisco do olho do teu irmão." (Bíblia de Referência Thompson)

O texto escrito em Mateus, capítulo 7, versículos 1, 2 e 5 faz-nos refletir que existe uma grande hiato entre teoria e prática. O triste episódio ocorrido em Jaboatão do Guararapes, região metropolitana do Recife, no qual quatro pessoas foram mortas, incluindo dois assaltantes, serve para uma breve reflexão não somente sobre insegurança, mas também sobre fé e hipocrisia. Costumo dizer que os cristãos são os que mais "brigam" entre si por conta das suas doutrinas, dogmas, diferenças, semelhanças, divisões, etc. Incluem-se nesse contexto Católicos, Evangélicos, Ortodoxos, Espíritas, Anglicanos, Testemunhas de Jeová e outras denominações menos conhecidas, mas que também acreditam e professam a fé em Jesus Cristo. A "guerra" maior ( e já foi bem maior) é entre Católicos e Evangélicos. Apesar de que, de maneira até um tanto debochada os Católicos se consideram Evangélicos e os Evangélicos se consideram Católicos. Os primeiros dizem que também seguem o evangelho de Cristo e os segundos aproveitam para dizer que a palavra Católico também significa Universal, daí a expressão Católico Apostólico de Cristo, e não, romano.

Deixando de lado essas picuinhas entre irmãos de fé, creio que o fato ocorrido durante uma palestra espírita deve ter servido de base para muitos extremistas religiosos usarem da palavra para menosprezar a fé alheia. Por que uns podem professar sua fé e outros não? Qual o fundamento para se basear de que determinada fé está certa e outra está errada? Por que algumas denominações que também se denominam cristãs são excluídas? A tragédia ocorrida no Centro Espírita poderia ter acontecido em qualquer local, inclusive em um templo qualquer. Haja vista os ataques terroristas que acontecem frequentemente em mesquitas muçulmanas, templos judeus e até cristãos em países do Oriente Médio.

Trata-se de uma questão absolutamente pessoal a mudança ou não de segmento religioso. Todos são livres para escolherem o seu time de futebol, os companheiros e companheiras, o emprego que querem ter e a religião que querem seguir, inclusive aquelas que não professam a fé cristã: Budismo, Induísmo, Islamismo e os próprios Judeus, religião oficial de Jesus Cristo, que não o tem como Salvador do mundo.

Essa intolerância religiosa evolui para preconceito e violência. Não apenas violência física, mas principalmente a psicológica e discriminatória. As maiores vítimas são os fiéis das religiões de matrizes africanas. Estes são tratados com desdém, preconceito, zombaria, chacotas e até violência. O apóstolo Paulo (que também era um exímio perseguidor), dá a dica, por experiência própria, como se deve proceder quando a falta de compreensão bater à porta: "Portanto, como eleitos de Deus, santos, e amados, revesti-vos de compaixão, benignidade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós."(Colossenses 3:12,13)

O dedo polegar em riste no Brasil significa legal, tudo bem, okay, em alguns países é um gesto obsceno. Cueca no Brasil é vestuário masculino, em Portugal é feminino. Na Nova Zelândia mortadela é comida de cachorro. O que é certo pra uns, pode ser totalmente errado para outros e vice-versa, ou simplesmente ser apenas diferente. Deus é um Ser tão supremo, que Ele é Senhor até dos que não acreditam nele. Obviamente que uma tribo neozelandesa vai adorar o Criador à sua maneira. Mudam-se as nomenclaturas mas a essência é a mesma. 

Jamais iremos chegar a um denominador comum quando o assunto é religião. Porém podemos ser um pouco mais tolerantes com a fé alheia.

Samuel Cazumbá

MAPA ILUSTRADO DO MUNICÍPIO DE VICÊNCIA-PE-NE-BRASIL

MAPA ILUSTRADO DO MUNICÍPIO DE VICÊNCIA
AUTOR: José Ednilson Costa (Nilsinho)
TAMANHO: 180x280
TÉCNICA: Tinta acrílica sobre laminado de madeira
ANO: 2017

O mapa encontra-se exposto no Mercado Regional de Artes.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

OS TESOUROS PERDIDOS DE VICÊNCIA (FINAL)

AS ARQUITETURAS HISTÓRICAS     

Por José Edinilson Costa ( Nilsinho). 

edinilsonarte@hotmail.com

Entre os maiores tesouros  que Vicência perdeu, estão a destruição do patrimônio natural (abordado na primeira parte da matéria), e o cultural arquitetônico, que abordaremos nesta terceira e ultima parte.

Vicência, a pouco mais de 11 anos, ainda ostentava grande parte das belas arquiteturas que se identificavam com qualidades artísticas dos períodos, colonial, imperial e republicano. Se o centro da cidade estivesse  como a uns 30 anos atrás, teríamos um grande tesouro arquitetônico. Umas relíquias desempenhando um papel museológico, visitado por muita gente. Mas, apesar de ainda restar um pouco desses casarios que resgata a memória; a identidade; a cultura e a história do município, a ignorância e a arrogância de muitos proprietários de imóveis e o descaso da maioria dos políticos e suas politicagens, “ainda fala mais alto”, e fizeram uma verdadeira barbárie que começou a ser acelerada por volta de 2006. E a partir de 2012 a 2016, as destruições com justificativas infundadas, foram ainda mais absurdas. Para grande parte dos Vicencianos ( possivelmente a maioria), a preservação é um entrave para o progresso. 

Não pensam na prática do turismo, que colabora para uma cadeia produtiva que movimenta a economia de uma região, além das aprovações de projetos enviados a várias instituições governamentais e privadas que geram rendas para o município. A ideia de transformar o município num polo turístico e preservar o seu patrimônio, nasceu em 1989 quando foi inaugurada a primeira rampa de voo livre, na gestão do então prefeito Mário Ramos de Andrade Lima Filho (1989 a 1992)- embora que existam relatos que o Dr. Pedro Alves de Ataíde Sobrinho já se preocupava com isto- Quatro anos depois, já na gestão de sua esposa Eva Maria de Andrade Lima (1997 a 2000 e 2001 a 2004), foi feito um estudo no município por especialistas em turismo, que constataram que Vicência possuía um dos maiores potenciais turísticos do estado. Veio em seguida o trabalho de preservação do centro da cidade onde ficou denominado de sítio histórico e a importante restauração do Engenho Poço Comprido no governo de Jarbas Vasconcelos. 

Apesar da grande visão da administração, ouve alguns erros, pela falta de experiência, e o Conselho de Cultura naquele tempo não tinha  a experiência como o desses últimos anos – que até 2016, não foi aproveitado pelas gestões-.  Cabia aos gestores seguintes aperfeiçoarem os trabalhos de preservação e turismo.  Nem o plano diretor elaborado em 2006, nem a 1ª conferencia de cultura em 2009, e nem o decreto municipal em 2011, que determinaram a proteção dos mesmos, não conseguiram salvar várias dessas relíquias. A alguns anos atrás, uma das  equipes de turistas que se dirigiam para o Engenho Poço Comprido, passando pela Vila Murupé, ficaram embelezado com seus casarios, e resolveram parar e procurar um vereador do distrito, que no caso foi João Domingos (Caroca). Pediram a ele para conscientizar os donos daqueles imóveis para preservarem as suas belas fachadas. Mas infelizmente não adiantou muito: vez por outra, algumas estão sendo modificadas. Até o belo, antigo e famoso armazém foi demolido para a construção de uma caixa d’agua, que poderia ser construída preservando a fachada que serviria como muro. Pessoas chegaram a apelar ao então gestor ( Dr. Paulo), mas não adiantou: dizem que ele afirmou que queria tudo novo e tudo bonito. E o mais absurdo, é uma arte daquela, ser substituída por um arcaico muro. Outro fato lamentável, foi os saques do belo casarão do Engenho Tabatinga até a sua total destruição. Em 2014, o conselho elaborou um projeto de tombamento – que é mais eficaz do que o decreto -, baseado no de Olinda. Foi enviado à câmara de vereadores, mas o mesmo foi arquivado para não desagradar a um vereador que foi contra. 

A falta de visão -e não de informação – de certos políticos e de pessoas  que ocupam cargos importantes, deterioram o município. Cada parte do patrimônio destruído enfraquece o potencial turístico do município. Semanalmente, dezenas de pessoas  visitam os engenhos da rota turística do município. A grande maioria nem querem mais passearem no centro da cidade, horrorizados com tantas barbáries. O conselho municipal de políticas culturais é formado por 48 pessoas entre titulares e suplentes, que inclui pessoas com vastas experiências nas áreas culturais, e incluem professores de várias áreas, produtores culturais, artistas plásticos, pessoas com cursos de educação patrimonial; de museologia; pessoas das áreas da música, comunicação, profissional da construção civil, artesões, condutores de turismo, membros de ONGs ambientais, entre outros. As decisões debatidas vão para votação e  são enviadas a administração, que por sua vez vinha frustrando o conselho através de decisões tomadas atrás dos gabinetes por pessoas leigas no assunto. Desde a criação do conselho, nenhuma decisão do mesmo foi considerada pela administração passada, e  revoltaram também outros fora do conselho, como professores, artistas, intelectuais, estudantes de engenharia, de arquitetura, pessoas que fizeram o curso de educação patrimonial, de museologia, e outras pessoas que valorizam a cultura. 

O problema foi alvo de críticas por membros do IPHAN, FUNDARPE, EMPETUR e turistas até do exterior. Existem no mundo, culturas milenares que são preservadas, e cada vez mais a dedicação com as mesmas continuam aumentando. No Brasil, que com pouco mais de 500 anos já perdeu grande parte do seu patrimônio cultural, existem muitas cidades com suas partes históricas preservadas como: Olinda, Igarassu, Goiana,  Recife antigo, Ouro Preto, Paraty, São Luiz do Maranhão, Mariana, entre muitas outras. A mídia, principalmente a TV, frequentemente está mostrando as belezas das cidades históricas, e nenhuma foi impedida de se desenvolver. A mente arcaica de muita gente não captam tais informações; mas pode perguntar sobre o BIG BROTHER que quase todos sabem. Preservação é progresso! Muitas das cidades mais desenvolvidas do mundo protegem seus patrimônios históricos com muito rigor, assim como  outras bem menores e até lugarejos. 

As justificativas para quem não valorizam são varias: porém eu não sei qual é a mais absurda e a mais idiota. Em vez de se orgulharem das relíquias que tem, destroem! Se a pintura da ÚLTIMA CÉIA,  pintada em Milão no séc. IV por Leonardo da Vince, fosse aqui em Vicência,  eu não duvidaria nada que um desses ignorantes já teriam descascado para colocar cerâmicas ou porcelanatos. Ou mesmo se tivesse na fachada de um desses casarios uma escultura de Michelângelo ou de Aleijadinho: destruiriam também!


quinta-feira, 8 de junho de 2017

EX-DEPUTADO FERNANDO FERRO VISITA VICÊNCIA E SE COLOCA À DISPOSIÇÃO PARA EVENTUAL CANDIDATURA.

EX-PARLAMENTAR VEIO TENTAR FORTALECER O PT MUNICIPAL.

Foto: Samuel Cazumbá

O ex-deputado federal Fernando Ferro participou de uma reunião no último sábado (03) na cidade de Vicência, na Mata Norte. O evento aconteceu no sindicato dos Trabalhadores rurais e contou com a presença de alguns militantes e pretensos militantes à sigla.

O ex-parlamentar e atual funcionário da CHESF dialogou com algumas lideranças ligadas ao Partido dos trabalhadores na cidade. Na pauta uma provável remodelação e formatação do partido no município. "Não é só aqui em Vicência que estamos enfrentando problemas, principalmente na questão de filiação. É hora de reestruturar o PT e para isso reuniões como esta são muito proveitosas", ponderou Ferro.


Indagado sobre qual seria a posição do partido no próximo pleito, o petista afirmou que é favorável que o PT tenha candidato próprio ao Palácio do Campo das Princesas e colocou o seu nome à disposição se não houver quem aceite uma eventual candidatura.

Veja o vídeo.


TRACUNHAÉM PROMOVE FÓRUM DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

ABDALAZIZ DE MOURA E CIDA FREIRE SERÃO OS PALESTRANTES.

Arte: Divulgação 

Com o tema "Um olhar estratégico que faz a diferença no Plano Municipal de Educação", a Secretaria de Educação de Tracunhaém realizará no próximo dia 28 de junho o primeiro Fórum de Educação Infantil (FEIT).

O evento acontecerá no Mercado Público daquele município. Os palestrantes serão: o fundador do SERTA (Serviço de tecnologia alternativa), Abdalaziz de Moura e Cida Freire, assessora educacional do programa Primeira Infância. 



PROGRAMAÇÃO DO SÃO JOÃO DE VICÊNCIA.

DIVULGADA A PROGRAMAÇÃO DAS FESTAS JUNINAS NA CIDADE DE VICÊNCIA-PE-NE-BRASIL...

Arte: Divulgação

ALUNOS DA EREM PADRE GUEDES VISITAM O SERTA.


VISITA FEZ PARTE DO PROJETO VALE VERDE.

Fotos: Samuel Cazumbá

Alunos dos primeiros anos da Escola de Referência em Ensino Médio Padre Guedes, em Vicência, visitaram na manhã desta quinta-feira (08) a unidade do Serta (Serviço de tecnologias alternativas), na zona rural de Glória do Goitá.

Os alunos foram divididos em grupos e puderam ter contato com diversas tecnologias alternativas nas áreas da agricultura, pecuária e outros sistemas. Os estudantes conheceram  minhocários, fogão solar, casa ecológica, processos alternativos de filtragem de água, criação de animais em pequenos espaços, cultivo de hortaliças e plantas medicinais em espaços urbanos, dentre outros.


A visita faz parte do projeto Vale Verde, de autoria do professor Artur Cavalcante, que visa alertar a população para os cuidados com o meio ambiente. No último dia 5 (Dia do Meio Ambiente), os mesmos alunos plantaram mudas em uma área de reflorestamento, na zona rural de Vicência, em parceria com a ONG Lobo Guará.

Além de Artur Cavalcante a viagem foi acompanhada pelos professores Geanderson Junio, Lúcia Flávia e Samuel Cazumbá.

VEJA AS FOTOS. CLIQUE Aqui

quinta-feira, 1 de junho de 2017

NADO DA BANANA, SIMPLESMENTE FAZENDO A DIFERENÇA.

VEREADOR FOI A SURPRESA DAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES.

Foto: Samuel Cazumbá

Assim como a Terra continua girando em torno do Sol, as reuniões dos parlamentares vicencianos acontecem todas as terças-feiras a partir das quatro horas da tarde. Sentar em uma das treze cadeiras do plenário não foi tarefa fácil para os atuais vereadores. Dentre eles, um "marinheiro" de primeira viagem: Nado da Banana. Eleito como a surpresa nas eleições passadas, o representante da comunidade de Borracha tem procurado honrar o voto dos seus eleitores.

As ações e as prestações de serviço de Aguinaldo Cavalcante não tiveram início apenas quando iniciou a campanha política no ano passado. Há tempos e tempos que o agricultor atende o povo do distrito Borracha, principalmente na área da saúde ( ou da doença, como queiram!), já que tem socorrido diversas pessoas para hospitais como o de Limoeiro, no agreste.

Apesar de ter sido eleito pela coligação do ex-vice-prefeito, Dija, Nado migrou rapidamente para a base governista e, em seus discursos na Câmara, sempre aproveita para defender o trabalho do prefeito Guilherme Nunes (PSDB). Tendo como padrinho o deputado Henrique Queiroz (PR), o parlamentar pretende manter as prestações de serviço ao longo dos quatro anos de mandato.

terça-feira, 16 de maio de 2017

CLUBE MUNICIPAL DE ALIANÇA REABRE PARQUE AQUÁTICO.

Colaboração: Marília Martinele

domingo, 14 de maio de 2017

PROFESSOR NINO, DE ALIANÇA, SERÁ HOMENAGEADO NA ALEPE.

DEPUTADO ISALTINO NASCIMENTO É O AUTOR DA PROPOSIÇÃO.

Colaboração: Marília Martinele
Fotos: Divulgação

Deputado Estadual Isaltino Nascimento vai homenagear o Professor Nino na Assembléia Legislativa de Pernambuco. O Professor João Florindo (Nino) de Aliança, foi destaque no Bom dia Pernambuco e Jornal Nacional da Globo, por ser responsável por mas de 50 mil plantações na cidade, incluindo praças, escolas, rios, estradas e muitos outros locais.
Em razão de ser uma pessoa querida e prestadora de serviços no município de Aliança, o Deputado Estadual Isaltino Nascimento (PSB) vai homenagear o professor lhe dando um voto de aplauso na Assembléia Legislativa de Pernambuco.

domingo, 7 de maio de 2017

JOSILDO GOMES: EMPREENDEDORISMO E ARTE COM RECICLÁVEIS.

A NATUREZA AGRADECE.

Fotos: Reprodução do Facebook

Há um grande abismo entre falar e realizar. Desde o final do século passado a humanidade vive um eterno debate sobre o que fazer com os lixos nossos de cada dia. Falar todos falam, mas agir poucos fazem. Sejam ações simples ou mais complexas, o fato é que cada um precisa fazer a sua parte.

Dizem que santo de casa não faz milagre, mas artista faz, e bem feito. Josildo Gomes é a prova disto. Sua arte em pneus poderia está espalhada por vários pontos da cidade se assim houvesse um maior reconhecimento dos filhos da terra. Mas o trabalho está feito. Pneumáticos viram araras, tucanos, cadeiras, xícaras, balanços e revestimento para poços.

Zildo, como é conhecido na comunidade, foi o pioneiro em realizar uma programação no dia das mães e no dia de finados no cemitério da cidade. Nas duas ocasiões as pessoas que se dirigiram ao local nas datas mencionadas e puderam ouvir músicas especiais, mensagens e receber flores.

Muitas vezes achamos super-hiper-mega o trabalho dos outros, enquanto temos irmãos pertinho de nós que fazem até melhor. Já passou da hora de valorizar, né?

#Ficaadica...

Veja mais fotos, clique AQUI


sexta-feira, 28 de abril de 2017

REFORMAS, SHOPPINGS, PRAIAS, PANOS, PRATOS E FAXINAS.

POR MAIS AÇÕES E MENOS BLÁ, BLÁ, BLÁ...

Foto: Samuel Cazumbá

E pra não falar muito, o certo é que fizemos a nossa parte.
O recado foi dado.

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO:

Deputados Federais que votaram SIM à reforma trabalhista e têm alguma influência na Mata Norte e Agreste:

ANDRÉ DE PAULA (PSD)
AUGUSTO COUTINHO (SD)
BRUNO ARAÚJO (PSDB)
DANIEL COELHO (PSDB)
JARBAS VASCONCELOS (PMDB)
JORGE CÔRTE REAL (PTB)
MARINALDO ROSENDO (PSB)
RICARDO TEOBALDO (PTN)


quinta-feira, 27 de abril de 2017

URGENTE: UMA AJUDA PARA MARQUINHOS.

JOVEM ESTÁ COM DOENÇA DEGENERATIVA E FAMÍLIA FAZ APELO PELA INTERNET.

Texto e foto: Reprodução do Facebook

"Pessoal, como alguns de vocês já sabem, o nosso amigo Marcos Andrade está precisando da nossa ajuda. Quem conhece Marquinhos sabe o quanto ele é uma pessoa alegre e de bem com a vida. Entretanto, o intuito dessa mensagem, é ultrapassar os que o conhecem, fazendo assim, esse pedido de ajuda chegar a todos que conhecem ou não o Marcos. O Marquinhos foi diagnosticado com Polineuropatia, que é uma doença degenerativa que o mesmo desenvolveu. A Polineuropatia é um distúrbio neurológico que acontece quando simultâneamente muitos nervos periféricos por todo o corpo passam a não funcionar de maneira correta. Sendo assim, ele está perdendo os movimentos das mãos e das pernas a cada dia que se passa.
Devido a este distúrbio neurológico, que infelizmente o nosso amigo desenvolveu, o médico do Hospital Osvaldo Cruz, aqui do Recife/PE, o encaminhou para um tratamento fora do estado no Hospital das Clínicas FAEPA, localizado na cidade de Ribeirão Preto/SP, onde ele realizará com a ajuda de todos nós e de Deus, o tratamento adequado para sua doença.
Ele precisará passar 2 meses fora do nosso estado em decorrência do tratamento, e para isso a família necessita de recurso financeiros, e por isso sua mãe fez um pedido de ajuda para que isso seja possível.
Vamos ajudar, com qualquer quantia, não pense que tem pouco a oferecer, pense que o seu pouco se tornará muito quando junto com a doação dos demais. Vivemos sem saber o amanhã que nos é destinado, ninguém vive sozinho, precisamos uns dos outros. Em um mundo com tanta maldade, com tantas dificuldades, vamos estender a mão e realizar um ato de amor ao próximo. A Betânia, mãe do Marcos disponibilizou a conta do mesmo para o depósito das doações, que são os seguintes:
 Nominal: Marcos Antônio de Andrade Filho
Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 1242
Operação: 013
Conta Poupança: 00042079-5
CPF: 111.340.694-13
É muito importante poder contar com todos que o puderem ajudar, mas a quem não puder, fica o apelo de colocarem Marquinhos em suas orações.
"Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível" (Mt 17.20)"


quinta-feira, 20 de abril de 2017

MAIS UM ALUNO DA EREM PADRE GUEDES DEVE VIAJAR AO EXTERIOR.

ESCOLA JÁ ENVIOU 8 ESTUDANTES AO ESTRANGEIRO.

Foto: Samuel Cazumbá

O aluno do Segundo Ano A, Adson Martins da Silva (15), da Escola de Referência em Ensino Médio Padre Guedes será o nono a viajar ao exterior através do Programa Ganhe o Mundo. Ele será o nono estudante a passar uma temporada em escolas de países como Canadá, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia. Atualmente 3 alunos estão na Nova Zelândia e devem retornar ao Brasil em junho. 

Além das aulas tradicionais, os estudantes participam de um curso de Inglês específico, ministrado por Soniely Carlos, ex-aluna e ex-intercambista e têm que conseguir um bom desempenho em Língua Portuguesa e Matemática.

A viagem deve acontecer no próximo ano. O local ainda não foi definido.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

"CARANGUEJO NÃO É PEIXE..."

UMA TRADIÇÃO QUE CUSTA CARO AOS COFRES PÚBLICOS. (Simultâneo com o Facebook)
Foto: Reprodução da Internet


"Costume se dá e se tira". Foi a frase que ouvi de um padre certa vez. A tradição da entrega de peixes na Semana Santa tem se tornado um aperreio na vida dos administradores das pequenas cidades do interior. Poucos gestores têm a coragem de, ao iniciar o mandato, cortar de vez algumas extravagâncias, festas e babilaques. O fato é que Carnaval, peixes, São João, Desfiles Cívicos e outras coisas do gênero não podem ser "passadas em branco".
Assim, os administradores tiram de onde não tem para oferecer uma banda "melhorzinha" nas festas, um pescado na Paixão, etc, etc. A festa das mães (Já que os pais ninguém liga mesmo) é mais fácil. É feita a comissão e vamos buscar as parcerias. Fornecedores são colocados no canto da parede para retribuírem os serviços prestados e as quantias que lhes foram repassadas, tudo dentro dos conformes da Lei, obviamente. Funcionários também são convidados a perderem o amor de alguns reais e chegarem juntos para ofertarem uma prenda às mamães queridas (os papais não são tão queridos).
Voltando aos aquáticos, vale lembrar que as prefeituras nem sempre distribuíram peixes a todo mundo. Se o faziam restringia-se aos mais carentes e, com a melhora das arrecadações municipais, o ato se estendeu a funcionários e a todo o mundo. O problema é que com o passar do tempo as vacas gordas ficaram magras e as magras foram a óbito. A maioria dos prefeitos vivem perambulando, não de pires, mas de caneca nas mãos, em busca de recursos para darem conta de coisas básicas em suas cidades. Pedem aqui, pedem acolá, cortam de cá, cortam de lá, economizam, fazem malabarismo, fazem empréstimos, esquentam a cabeça, dormem mal, ficam estressados, dizem que não têm dinheiro pra nada... mas nem um renuncia o cargo.
Voltando mais uma vez aos alevinos ( já devidamente crescidos e no ponto de se tornarem pratos deliciosos) é absolutamente constrangedor, ou deveria ser,  para um funcionário público, que recebe seus 2 ou 3 mil reais, mendigar, arengar e ficar embirrado porque não recebeu a tão famosa "ficha-do-peixe". Na realidade, essas pessoas nem vão buscar os escamosos. Mandam um portador. No entanto, vale salientar que cada um sabe aonde o sapato, ou o cinto, está apertando.
Acho que um dia isso vai acabar. Assim como as tão famigeradas festas ao ar livre. No tempo do ronca, todo mundo tinha dinheiro para pagar a sua entrada nos clubes, discotecas ou ginásios. Não sei quem, teve a infeliz ideia de pagar altos cachês a artistas super-hiper-mega famosos (e ricos), então o povo foi na onda e se acostumou, como vociferou o vigário. Existem prefeituras por aí que passaram calotes em bandas, cantores, cantoras, tocador de viola, embolador de coco, soprador de apito e tantos outros só para alguém poder aparecer. Outras quebraram na emenda e ainda hoje tentam se levantar por terem investido o erário público em festas, fogos e diversões.
Acho que as prefeituras não deveriam dar o peixe. Deveriam ensinar a pescar. Permitir que o cidadão tenha a dignidade de escolher se quer comer cambinda ou salmão. A preocupação não deveria ser trazer caminhões frigoríficos recheados da guloseima, mas talvez despoluir os rios, para que em uma tarde tranquila, o pescador se sente às margens do ribeiro, estenda o anzol com a minhoca pendurada e pesque por prazer e diversão. Uma piabinha aqui, uma trairinha ali e a festa estaria feita.
Claro que aqueles que passam o Natal sem Peru, a Páscoa sem chocolate, o São João sem milho e as férias sem praia, merecem e precisam não apenas do pescado, mas de atenção, de calçamentos, de saneamento básico, de escolas de qualidade, de um sistema de saúde que funcione, de trabalho, dignidade e respeito.

Samuel Cazumbá