quarta-feira, 6 de julho de 2016

ELEIÇÕES 2016:SEMELHANÇAS QUE FAVORECEM CAMPANHAS SOCIALISTAS EM RECIFE E VICÊNCIA.

DIVERSOS FATORES FACILITAM A VIDA DO PSB NA CAPITAL E NO INTERIOR.

Fotos: Recife (Pinterst) / Vicência (Samuel Cazumbá)

O prefeito Paulo Tadeu (PSB) pode voltar a fazer história em Vicência. Depois de 25 anos pode eleger o sucessor, ou no caso, a sucessora. A última vez que isso aconteceu em Vicência foi em 1992, quando o então prefeito Mário Ramos, que fazia parte do PTB,  elegeu Amaury Pedroza, que na época integrava os quadros do extinto PDS (Partido Democrático Social). Na eleição anterior, o Bigodão havia colocado o próprio Mário Ramos na prefeitura, após um mandato de seis anos. Desde então apenas a ex-prefeita Eva Maria, pelo PMDB, e o próprio Dr. Paulo conseguiram a reeleição.

O cenário se mostra favorável tanto para o gestor recifense quanto para o vicenciano. Ambos detêm a maioria na Câmara Municipal. No caso de Vicência, dos onze vereadores, sete fazem parte da base governista (Bidoga, Augusto, João Milanez, Francisco, Caroca, Josenildo e Sandoval). É fato que o apoio dos parlamentares tem sido decisivo nas disputas interioranas. O vereador é um puxador de votos in natura. Ainda nos apoios locais, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, por uma questão histórica e ideológica tende a apoiar a candidata Tita Jerônimo. Dr. Paulo também fechou com a diretoria da Usina Laranjeiras e trouxe para o seu grupo o ex-vereador Moisés Dionísio.

Há de se entender que quem estar com o poder leva vantagem sobre os adversários. Uma boa administração aliada a diversas ações pontuais farão toda a diferença. Tanto Geraldo Júlio quanto Dr. Paulo conduzem seus respectivos mandatos dentro da ética socialista e esperam colher os frutos dos 4 anos no caso do Recife e dos 8 em Vicência.

O apoio de lideranças externas também é preponderante para se obter uma vitória nas urnas. O primeiro pupilo de Eduardo Campos (Geraldo Júlio) faz parte de um grupo que tem a maioria de deputados estaduais e federais, além do senador Fernando Bezerra Coelho. Vale lembrar que o Palácio do Campo das Princesas é ocupado por outra "criação" de Campos, o governador Paulo Câmara. Além de contar com a maioria do legislativo, o prefeito Paulo Tadeu tem o apoio de quase todos os deputados estaduais e federais da região: Aluísio Lessa (PSB), José Humberto (PTB), Simone Santana (PSB), Henrique Queiroz (PR), Manoel Botafogo (PP),  Marinaldo Rosendo (PSB), Ricardo Teobaldo (PTN), Luciana Santos (PCdoB) e ainda dois dos três senadores da República, Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB). De acordo com o prefeito Paulo Tadeu, os ex-deputados Maviael Cavalcante e Carlos Lapa também apoiam a pré-candidata socialista em Vicência. Acrescente-se a tudo isto o apoio da alta cúpula do governo do estado incluindo o próprio governador Paulo Câmara, a ministra Ana Arraes, a família do ex-governador Eduardo Campos e os secretários de estado.

A única diferença entre o socialista recifense e o gestor vicenciano é que o primeiro colocará o seu mandato em xeque disputando a reeleição, enquanto o segundo tentará mais uma vez fazer história e depois de 25 anos eleger a sucessora.

Até 2 de outubro muitas águas vão rolar... ou não.

OUÇA A ENTREVISTA DO PREFEITO DR. PAULO:




0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.