sexta-feira, 18 de março de 2016

PROFESSORES: GREVE MEIA-BOCA SEM RESULTADOS PRÁTICOS.

NO ESTADO, NEM SINAL DE NADA.

Até os próprios profissionais da Educação cansaram de lutar por seus direitos. Poucos educadores têm coragem para enfrentar os governos estaduais ou municipais. A paralisação convocada por alguns sindicatos para os dias 15, 16 e 17 deste mês, além de serem um fiasco, beirou o ridículo.

Pouquíssimos professores aceitaram o desafio dos sindicatos e foram às ruas protestar contra o não cumprimento por parte de alguns estados e/ou prefeituras do reajuste de 11,36% concedido pelo Governo Federal. Em algumas localidades nem se ouviu falar sobre os três dias nos quais as escolas deveriam ficar fechadas. Não houve nenhum movimento na maioria das cidades do interior e, nas capitais, poucos "heróis" foram às ruas.

A realidade é que há uma espécie de repressão de muitos governantes e os educadores se sentem acuados e resignados em participar dos movimentos paredistas. 

Na chamada Pátria Educadora, os profissionais que lidam diretamente com educação, estão de mãos atadas, bocas fechadas e pés apeados. E agora?

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.