segunda-feira, 25 de maio de 2015

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL É DEBATIDA NA EREM PADRE GUEDES

EVENTO TEVE A PARTICIPAÇÃO DO DELEGADO DA CIDADE E DE MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR.

Foi realizado na tarde desta segunda-feira (25) o terceiro Café Filosófico da Escola de referência em Ensino Médio (EREM) Padre Guedes, em Vicência. O evento é uma iniciativa do professor Luciano Santos, tendo como auxiliares Welygton Kléber e Samuel Cazumbá.

O tema debatido foi a criminalização/redução da maioridade penal para 16 anos. Participaram o delegado de polícia do município, Von Rommel e os membros do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, Valdemir Vitalino e Francisco José.

O doutor Von Rommel afirmou ser contrário à redução da maioridade penal. "Não podemos colocar adolescentes junto com bandidos perigosos dentro dos presídios. O que tem de ser feito é um maior investimento na educação e em programas sociais que ocupem as mentes do jovens. E a presença da família também é fundamental para evitar a criação de um futuro delinquente", argumentou.


Já os Conselheiros Tutelares destacaram o trabalho que o órgão vem fazendo para tentar solucionar os casos que diariamente têm chegado à sede da entidade. "Precisamos compreender que os adolescentes têm direitos mas também têm deveres e devem ser responsabilizados pelos suas infrações. No entanto, beira o absurdo colocar na prisão menores junto com praticantes de outros delitos. O sistema prisional do Brasil é falho e os Centros de Recuperação estão aquém da real satisfação em relação aos jovens e adolescentes", afirmou Valdemir Vitalino, conselheiro tutelar.

"O Café Filosófico é um projeto iniciado em 2014 na EREM Padre Guedes e surgiu da necessidade de envolver os alunos com relação à reflexão filosófica", informou o professor Luciano Santos, idealizador do projeto. "Através dele oportunizamos aos alunos debaterem temas atuais, gernado uma discussão reflexiva e familiarizando-os com a Filosofia", complementou.

Veja mais fotos. Clique AQUI


0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.