quarta-feira, 8 de outubro de 2014

ELEIÇÕES 2014 EM VICÊNCIA: VISÃO GERAL E OS FEDERAIS E SEUS APOIOS

TERMÔMETRO ELEITORAL COMEÇA A FUNCIONAR PARA 2016

DEIXANDO DE LADO A IMPREVISIBILIDADE DO PLEITO NACIONAL (POIS A LUTA CONTINUA) SEGUE UMA ANÁLISE DE COMO PODE FICAR, OU NÃO, O CENÁRIO POLÍTICO LOCAL.

A DINÂMICA DA POLÍTICA EM VICÊNCIA ULTRAPASSA TODOS OS PARÂMETROS. O QUE FOI ONTEM PODE NÃO SER MAIS HOJE E COM CERTEZA NÃO O SERÁ AMANHÃ. FALTA MUITO TEMPO PARA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS, MAS OS CANDIDATOS JÁ COMEÇARAM A CAMPANHA. NÃO SÓ PARA PREFEITO MAS TAMBÉM PARA VEREADOR.

O VOTO PARA DEPUTADO ESTADUAL AJUDA A TER UMA IDEIA DE QUEM SAI FORTALECIDO DO PROCESSO. ENTRETANTO, NAS DUAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES, 2006 E 2010, QUEM DEU MAIS VOTOS A CANDIDATOS A UMA VAGA NA ALEPE, NÃO LOGROU ÊXITO NA DISPUTA LOCAL. JOÃO NEGROMONTE E EDGAR MOURY FORAM OS MAJORITÁRIOS EM VICÊNCIA E ELEITOS DEPUTADOS ESTADUAL E FEDERAL, RESPECTIVAMENTE. AMBOS TIVERAM O APOIO DO EX-PREFEITO MÁRIO RAMOS, QUE PERDEU PARA O ATUAL PREFEITO, PAULO TADEU EM 2008.

JÁ EM 2010, O CANDIDATO CARLOS LAPA FOI O MAIS VOTADO PARA ESTADUAL, COM O APOIO DO VEREADOR ROMEU ATAÍDE. LAPA NÃO SE ELEGEU E O SEU CORRELIGIONÁRIO NA ÉPOCA NEM SE CANDIDATOU A PREFEITO. NAQUELE ANO, O FEDERAL MAIS VOTADO FOI O EX-DEPUTADO SÉRGIO GUERRA, QUE ALÉM DO VEREADOR ACIMA CITADO TAMBÉM TEVE APOIO DO GRUPO DO EX-PREFEITO MÁRIO RAMOS. MAIS UMA VEZ O PREFEITO PAULO TADEU, CUJOS CANDIDATOS, OBTIVERAM A QUARTA COLOCAÇÃO NO ÂMBITO ESTADUAL (ALUÍSIO LESSA) E SEGUNDA NO FEDERAL (ANA ARRAES), VENCEU O PLEITO MUNICIPAL.

PERNAMBUCO FOI O ÚNICO ESTADO DO NORDESTE ONDE MARINA SILVA OBTEVE ÊXITO NAS URNAS. EXPLICA-SE: O PERNAMBUCANO NÃO VOTOU NA FUTURA INTEGRANTE DA REDE, VOTOU NO LEGADO DE EDUARDO CAMPOS E NO 40 DE MIGUEL ARRAES. FATO QUE SE REPETIU NO VOTO PARA O GOVERNO DO ESTADO.

UM FATO NOVO CHAMOU A ATENÇÃO EM VICÊNCIA ESTE ANO. O SURGIMENTO DE UM NOVO GRUPO POLÍTICO QUE CONSEGUIU EMPLACAR UM CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL, FAZENDO-O O SEGUNDO MAIS VOTADO.

VAMOS AS ANÁLISES:

DEPUTADOS FEDERAIS

MARINALDO ROSENDO (4.206 VOTOS): TODOS JÁ ESPERAVAM QUE FOSSE O PRIMEIRO COLOCADO. TEVE O APOIO DO PREFEITO, PAULO TADEU, DO VICE-PREFEITO, DIJA, DO PRESIDENTE DA CÂMARA, BIDOGA E DA MAIORIA DOS VEREADORES. O BOM É QUE FOI LEITO E SERÁ O REPRESENTANTE DA MATA NORTE CA CÂMARA FEDERAL. EM VICÊNCIA E EM MUITOS MUNICÍPIOS JÁ INICIOU A DISPUTA COMO FAVORITO À PRIMEIRA COLOCAÇÃO E APENAS CONFIRMOU COM O RESULTADO DAS URNAS.

COM A IDA DA DEPUTADA ANA ARRAES PARA O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, VICÊNCIA FICOU SEM REPRESENTANTE EM BRASÍLIA. AGORA O EX-PREFEITO DE TIMBAÚBA TERÁ O COMPROMISSO DE LIBERAR VERBAS E EMENDAS PARA O MUNICÍPIO.

ANDRÉ DE PAULA (1.648 VOTOS): O SEGUNDO LUGAR DE ANDRÉ DE PAULA FOI COMEMORADO COMO PRIMEIRO PELO GRUPO LIDERADO PELOS VEREADORES JÂNIO BATISTA, TOTA DE MURUPÉ E ALGUNS INTEGRANTES DO PCdoB. TIRANDO O GRUPO DO PREFEITO, QUE VENCEU DE CABO A RABO, ESTE NOVO GRUPO TEM O QUE COMEMORAR. O CANDIDATO OBTEVE MAIS DO QUE O DOBRO DE VOTOS DE 2010 (735) E FOI ELEITO COM MAIS DE 100 MIL VOTOS.

OS VOTOS DE ANDRÉ SUPERARAM, E MUITO, OS DO DEPUTADO SÍLVIO COSTA (EMBORA O RECIFENSE TENHA SIDO APRESENTADO DE ÚLTIMA HORA, MAS COM MAIS ESTRUTURA DE TRABALHO E O APOIO DE EX-PREFEITOS E EX-VEREADORES). DE ACORDO COM ALGUNS INTEGRANTES DO GRUPO HÁ UM COMPROMISSO DO DEPUTADO ANDRÉ DE PAULA DE FORTALECER A EQUIPE QUE AJUDOU NA SUA REELEIÇÃO EM VICÊNCIA. MAS É PRECISO AGIR COM CAUTELA, AFINAL SÃO MUITAS CIDADES A SEREM ATENDIDAS PELO PARLAMENTAR QUE AMPLIOU SUAS BASES PELO INTERIOR DO ESTADO.

PASTOR EURICO (1.190 VOTOS): OS FIÉIS DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS DE VICÊNCIA FORAM CONDICIONADOS A VOTAR NO CANDIDATO OFICIAL DAS ADs. INTEGRANTES DA IGREJA QUE NÃO TINHAM COMPROMISSO COM NENHUM CANDIDATO OU SÃO FIES À INSTITUIÇÃO VOTARAM MACIÇAMENTE NO PASTOR.

 CAI POR TERRA A TESE QUE "CRENTE" NÃO DEVE SE MISTURAR COM POLÍTICA. O DEPUTADO ESTADUAL MAIS VOTADO DO ESTADO É EVANGÉLICO E, INTEGRANTES DA ASSEMBLEIA DE DEUS ESTÃO NA LISTA DOS MAIS VOTADOS NO ESTADO.

FATO A SER ESTUDADO E COMENTADO MAIS TARDE.



CARLOS LAPA (975 VOTOS): MONTOU UM GRUPO E CONSEGUIU UMA BOA VOTAÇÃO NA CIDADE. TAMBÉM FOI MUITO BEM VOTADO NA REGIÃO. SE MANTIVER SEUS ELEITORES PODE SER UM BOM PARTIDO PARA 2018.

A VOTAÇÃO DE LAPA TALVEZ SURPREENDA A ALGUNS MAS NÃO A ELE. O CARPINENSE É ELEITOR EM VICÊNCIA E SONHA UM DIA ADMINISTRAR O MUNICÍPIO.





SÍLVIO COSTA (886 VOTOS): TEVE A VOTAÇÃO PREJUDICADA PELO DESCONHECIMENTO DO ELEITOR E PELO POUCO TEMPO DE CAMPANHA NO MUNICÍPIO. SUBSTITUIU O TAMBÉM ELEITO RICARDO TEOBALDO QUE ERA MAIS CONHECIDO. O GRUPO DO EX-PREFEITO MÁRIO RAMOS, JUNTO COM A EX-PREFEITA DRª EVA E O EX-VEREADOR MOISÉS DIONÍSIO APOIARAM COSTA.

PARA FEDERAL FOI UMA VOTAÇÃO ABAIXO DA MÉDIA CONSEGUIDA EM OUTROS PLEITOS. MESMO ASSIM SÍLVIO COSTA COMPARECEU DUAS VEZES NA CIDADE, SEMPRE COM SUAS COLOCAÇÕES POLÊMICAS. O RESULTADO MERECE ATENÇÃO POR PARTE DO GRUPO DE MÁRIO RAMOS SE É QUE HÁ OUTRAS PRETENSÕES...



DILSON PEIXOTO (805 VOTOS): UM CANDIDATO COSMOPOLITA SEM MUITA PENETRAÇÃO NO INTERIOR. MESMO ASSIM O VEREADOR ROMEU ATAÍDE CONSEGUIU MAIS DE 800 VOTOS PARA ELE. NA REALIDADE FOI DE BOM TAMANHO. FICOU DIFÍCIL ASSOCIAR O VOTO DO ESTADUAL AO FEDERAL. SÓ O GRUPO DO PREFEITO CONSEGUIU ISTO.

VENCER NÃO É TUDO, DESDE QUE NEM SE PERCA NEM SE EMPATE. NÃO HÁ MUITO O QUE SE FALAR SOBRE DILSON PEIXOTO. O PETISTA NÃO CONSEGUIU VOTOS SUFICIENTES PARA SE ELEGER, ALIÁS, NENHUM DEPUTADO DO PT REPRESENTARÁ PERNAMBUCO NA CÂMARA FEDERAL A PARTIR DE 2015.




ALDO AMARAL (464 VOTOS): BOM, PELO MENOS UMA FAÇANHA O GRUPO QUE APOIOU O PRETENSO DEPUTADO CONSEGUIU: O MOTORISTA OBTEVE MAIS VOTOS QUE O NATIVO JARBAS VASCONCELOS (453). O CANDIDATO DEU UMA PASSEADA PELA CIDADE, SE FAZENDO CONHECER E PREPARANDO TERRENO PARA 2018. NO ÂMBITO ESTADUAL OBTEVE 12.291 VOTOS, OCUPANDO A 51ª COLOCAÇÃO GERAL.





A SEGUIR A ANÁLISE SOBRE O DESEMPENHO DOS ESTADUAIS.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.