terça-feira, 19 de novembro de 2013

BOTAFOGO (MEIO APAGADO)

EX-PREFEITO DE CARPINA PASSOU DESPERCEBIDO EM EVENTO EM VICÊNCIA

O que é um político sem o poder? Quase nada. Só mais um em meio à multidão. Já eram as pompas e os holofotes de outrora. O recomeço nem sempre é satisfatório.

O ex-prefeito de Carpina e pretendente a um cargo legislativo, Manoel Botafogo (PDT), compareceu a um Congresso Religioso em Vicência e ficou só. Sem assessores, sem colegas de trabalho, sem aquelas comitivas que sempre acompanham os políticos (meio que obrigados) quando os mesmos detém o poder.

O pedetista provou do amargo remédio do ostracismo. Saiu antes de terminar o culto. Atravessou todo o ginásio e, se alguém o reconheceu, nem sequer o cumprimentou.

Botafogo afirmou em um programa de rádio que o filho, Josafá, não cumpriu o dever de um deputado e quer assumir o seu lugar na ALEPE. Precisa de muito esforço, pelo menos em Vicência, para conseguir pelo menos um terço dos 1.616 votos conquistados em 2010. 

A família Botafogo foi apoiada pelo ex-prefeito Mário Ramos na eleição passada. Como os carpinenses não deram o apoio devido à candidatura de Mário Ramos a prefeito, o grupo, que já não era tão consistente, se dissolveu.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.