segunda-feira, 12 de agosto de 2013

SAÚDE DE VICÊNCIA VIRA MANCHETE DE JORNAL

RAIO X DO DIÁRIO DE PE SOBRE SAÚDE VISITOU VICÊNCIA E BUENOS AIRES

O que era pra servir de exemplo deve ser visto com preocupação. O caos presente na saúde brasileira não respeita limites. Seja nos grandes centros ou nos pequenos vilarejos, a população continua sofrendo com falta de médicos e assistência básica de saúde.

A reportagem do Diário de Pernambuco visitou a Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima e a Unidade Mista em Vicência. Pelo semblante do prefeito-médico Paulo Tadeu (PSB) nas fotos a situação não está nada boa. De acordo com a matéria publicada no dia 12/08, dezenas de pessoas se aglomeravam na unidade de saúde filantrópica a espera de atendimento, enquanto outras aproveitaram a presença dos repórteres do DP para criticarem a saúde do município na unidade municipal. 

Na Unidade Mista Maria Otilde de Andrade Maranhão, pertencente ao município, o aposentado Orlando Araújo Sobral, disse que muita gente havia ido embora após esperar a manhã toda pelo médico, que não apareceu. Já a dona de casa Fabiana Maria da Silva, afirmou que só conseguiu atendimento para o filho com febre, depois de quatro horas de espera.

Vicência é uma das cidades que deve ser contemplada com o programa do governo federal que trará médicos estrangeiros para o Brasil. "Sou a favor de que a presidente Dilma traga os profissionais estrangeiros, desde que seus diplomas sejam revalidados", afirmou o prefeito ao Diário.

Já em Buenos Aires, a falta de equipamentos também foi detectada pela reportagem. Além disso a estrada em péssimas condições afasta os profissionais de saúde daquele município.

De acordo com o CFM (Conselho Federal de Medicina) dos médicos que se graduaram na década de 80, 74,98%, ou seja 1597, estão vivendo ou trabalhando no Recife, enquanto só 533 atuam no interior.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.