sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

CÂMARA MUNICIPAL DE VICÊNCIA (PARTE 6)

"Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou."
Magalhães Pinto

EM POLÍTICA NADA SE CRIA, TODOS SE JUNTAM. A PARÁFRASE APLICA-SE PERFEITAMENTE A ATUAL CONJUNTURA VICENCIANA. AS MUDANÇAS OCORRIDAS APÓS AS ELEIÇÕES FORAM (OU AINDA ESTÃO SENDO) MAIS RADICAIS DO QUE DURANTE O PERÍODO PRÉ-ELEITORAL. PESSOAS QUE APARENTEMENTE DAVAM A VIDA POR DETERMINADO GRUPO OU CANDIDATO, MIGRARAM PRA LADOS OPOSTOS.

INTERESSES PESSOAIS, AJUDAS FINANCEIRAS, PROMESSAS DE CARGOS E UMA SÉRIE DE OUTROS FATORES FAZEM COM QUE PARTIDOS E ELEITORES SEJAM DESPREZADOS. É ASSIM E SEMPRE SERÁ EM QUALQUER LUGAR DO BRASIL E DO MUNDO.

É EVIDENTE QUE FICA DIFÍCIL PARA UM GOVERNANTE, SEJA NA ESFERA NACIONAL, ESTADUAL OU MUNICIPAL, ADMINISTRAR UM PAÍS, ESTADO OU CIDADE COM UM PARLAMENTO CONTRÁRIO. OS GESTORES FARÃO DE TUDO, USARÃO DE TODO$ O$ MEIO$ PARA CONSEGUIREM REVERTER O QUADRO.

NÃO HAVIA COMO A OPOSIÇÃO SEGURAR SEIS VEREADORES EM SUA BASE (COM O VEREADOR JÂNIO SERIAM SETE!). DESDE O PRIMEIRO MOMENTO O PREFEITO E SEU GRUPO POLÍTICO SAÍRAM À CATA DOS PARLAMENTARES. COM A MÁQUINA NAS MÃOS FICA BEM MAIS FÁCIL NEGOCIAR. UMA AJUDINHA FINANCEIRA AQUI, UMA PROMESSA ALI, UMA ARTICULAÇÃO FUTURA ACOLÁ E O CIRCO ESTÁ ARMADO.

A ELEIÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL VIROU UMA NOVELA. ATÉ AGORA FORAM SEIS CAPÍTULOS DE PURA DIVERSÃO. NOSSOS REPRESENTANTES PROMOVERAM UM FESTIVAL DE DISSE-ME-DISSE, LEVA-E-TRÁS, EMPURRA-EMPURRA, SAI-DE-BAIXO E OUTROS PRETEXTOS VISANDO, ÓBVIO, O "BEM-ESTAR" DA COMUNIDADE (Ô).

A CADEIRA EM DISPUTA TEVE MAIS CANDIDATOS QUE A DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. ROMEU (PT), BIDOGA (PMDB), JOSENILDO (PTB) E FRANCISCO (PTB) SE REVESARAM NO DESEJO DE SE SENTAREM NO PÓDIO DA CASA MÁRIO RAMOS DE ANDRADE LIMA. DESSA VEZ O POVO FICARIA DE FORA. APENAS ACOMPANHOU COMO SE DEVE PROCEDER EM UM PLEITO ELEITORAL. O ELEITOR TEVE A OPORTUNIDADE DE VER, LER E OUVIR COMO SE GANHA UMA ELEIÇÃO. O VOTANTE APRENDEU QUE NÃO HÁ PUDOR PARA O PODER. OS QUE ESTÃO NO COMANDO USAM DE SUAS ARMAS, OS QUE QUEREM O COMANDO SE JUNTAM A ELES E OS COMANDADOS SE TORNAM REFÉNS DA SITUAÇÃO.

TEORICAMENTE, O PREFEITO PAULO TADEU (PSB) PASSA A TER SETE, DOS ONZE VEREADORES AO SEU LADO: BIDOGA, ROMEU, CAROCA, SIRI, SANDOVAL, AUGUSTO E JOÃO MILANÊS. A OPOSIÇÃO DEVE FICAR COM QUATRO: FRANCISCO, JOSENILDO, TOTA E JÂNIO. É UM NÚMERO EXCELENTE PARA A OPOSIÇÃO. ATÉ MESMO PORQUE EM MATÉRIA DE DISCURSO LEVARIA VANTAGEM, JÁ QUE JÂNIO, TOTA E FRANCISCO PODEM "IR PRA CIMA DELES". DO LADO DA SITUAÇÃO TERÍAMOS O VEREADOR ROMEU, DEFENDENDO O PREFEITO (PELO MENOS POR ENQUANTO) E BIDOGA, QUE DEVE SER UM PRESIDENTE LIGHT, POIS TEM PRETENSÕES DE DISPUTAR A PREFEITURA E NÃO DEVE SE EXPOR TANTO.

EM FEVEREIRO CONHECEREMOS MELHOR NOSSOS LEGISLADORES. E A POPULAÇÃO TERÁ UMA OPORTUNIDADE ÍMPAR: FISCALIZAR A ATUAÇÃO DOS MESMOS... OU NÃO...

AFINAL, COMO DIZIA PLATÃO:

"NÃO HÁ NADA DE ERRADO COM AQUELES QUE NÃO GOSTAM DE POLÍTICA, SIMPLESMENTE SERÃO GOVERNADOS POR AQUELES QUE GOSTAM."

P.S. O VICENCIANET manteve contato com o vereador eleito João Milanês (PDT). Ele não quis comentar o assunto.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.