sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

CÂMARA VOLTA ATRÁS E APROVA ORÇAMENTO COMO O PREFEITO QUERIA

NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE O LEGISLATIVO VICENCIANO VOLTOU A TRÁS EM SUAS DECISÕES. A PRINCÍPIO OS VEREADORES DA SITUAÇÃO NÃO PRESTAREM ATENÇÃO NA VOTAÇÃO DO PROJETO DAS CORES DO MUNICÍPIO E APROVAREM O AZUL E BRANCO DA BANDEIRA. APÓS LEVAREM UM "PUXÃO DE ORELHAS" DA EQUIPE DO PREFEITO DERAM UMA RÉ PRA TRÁS E MANTIVERAM OS PRÉDIOS PÚBLICOS PINTADOS DE ROSA E AMARELO.
NA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DESTA QUINTA-FEIRA O FATO VOLTOU A SE REPETIR.
OS PARLAMENTARES LIGADOS AO PREFEITO PAULO TADEU (PSB) APROVARAM O VETO DO GESTOR ÀS ALTERAÇÕES FEITAS NO ORÇAMENTO PELO VEREADOR JÂNIO BATISTA (PV). A PROPOSTA ORIGINAL FOI ENVIADA À CÂMARA E, CONFORME CONFESSARAM ALGUNS VEREADORES, NEM FOI LIDA PELOS MESMOS. NO ENTANTO OS VEREADORES ROMEU DO POVO(PT) E O VERDE JÂNIO BATISTA ANALISARAM O REFERIDO ORÇAMENTO, TENDO O VEREADOR JÂNIO FEITO ALGUMAS ALTERAÇÕES NO DESTINO DE ALGUMAS VERBAS PARA O EXERCÍCIO 2012. AS ALTERAÇÕES FORAM PRINCIPALMENTE NO SETOR EDUCACIONAL. SEGUNDO O VERDE A QUANTIA DESTINADA PARA A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES SERIA SÓ DE CERCA DE 3 MIL REAIS, ENQUANTO QUE OUTRAS SECRETARIAS RECEBERIAM VALORES SUPERIORES A 3O MIL.
APENAS A OPOSIÇÃO USOU A TRIBUNA ATRAVÉS DOS VEREADORES JÂNIO E ROMEU. O VERDE FOI MAIS CONTIDO EM SUAS PALAVRAS,  LAMENTANDO O FATO E AFRIMANDO QUE A META DO EXECUTIVO É A COMPLETA DESMORALIZAÇÃO DA CÂMARA: "OS COLEGAS VÃO TER A HONRA DE ASSINAR ESTA DECLARAÇÃO DE BURRICE DO PREFEITO. FAÇO UM APELO QUE NÃO ASSINEM ESTE VETO, PORQUE APROVAR DO JEITO QUE ESTÁ SÓ IN TERESSA A ELE", ARGUMENTOU.
JÁ O VEREADOR ROMEU FOI MAIS ENFÁTICO EM SUAS PALAVRAS: "ESTÁ SENDO VERGONHOSO SER VEREADOR EM VICÊNCIA", INICIOU O PETISTA. "ATÉ O PLACAR FINAL JÁ SE SABE, 7 X 2", COMPLEMENTOU. DURANTE O DISCURSO FOI INTERPELADO PELO VEREADOR IRMÃO FRANCISCO (PTB), LÍDER DO GOVERNO, QUE INSINOU QUE O PETEISTA DEVERIA DECLINAR OS NOMES DOS ENVOLVIDOS EM ACORDOS CITADOS POR ELE, POIS SENTIA QUE ESTARIA SENDO CRUCIFICADO PELO "AMIGO". A CONFUSÃO FICOU SÓ UM POUCO MORNA E NÃO DEIXARAM ESQUENTAR.
POR FIM O PRESIDENTE DA CASA MÁRIO RAMOS, ANDRÉ CESÁRIO (PSB), COLOCOU AS PROPOSTAS EM VOTAÇÃO: A APROVAÇÃO DO VETO DO PREFEITO E O VETO AO PROJETO DE ALTERAÇÃO DO VEREADOR JÂNIO.
VITÓRIA DO EXECUTIVO POR 6 X 2. O VEREADOR MOISÉS DIONÍSO NÃO SE ENCONTRAVA PRESENTE.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.