segunda-feira, 24 de outubro de 2011

JÁ COMEÇOU

OS ANALISTAS POLÍTICOS DE TODO O ESTADO JÁ SINALIZAM PARA UM RACHA NA CHAMADA FRENTE POPULAR DE PERNAMBUCO. NO RECIFE JÁ HÁ UM INDICATIVO DE DISSOLUÇÃO. A NÍVEL DE ESTADO, O ANSEIO DOS SENADORES AMANDO MONTEIRO (PTB) E HUMBERTO COSTA (PT) DE SEREM CANDIDATOS EM 2014, BATE DE FRENTE COM A PROPOSTA DE EDUARDO CAMPOS EM LANÇAR UM CANDIDATO DO PSB AO GOVERNO DO ESTADO. EDUARDO JÁ SINALIZOU QUE ESTÁ ATENTO, INCLUSIVE, À ELEIÇÃO NA CAPITAL, QUANDO TROUXE O MINISTRO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, FERNANDO BEZERRA COELHO, PARA SE FIXAR POLITICAMENTE NA VENEZA BRASILEIRA, TRANSFERINDO O DOMICÍLIO ELEITORAL DO PETROLINENSE. BEZERRA COELHO ENTROU COM TUDO NA PARADA SOLTANDO COBRAS E LAGARTOS EM CIMA DO PREFEITO JOÃO DA COSTA (PT), QUE NÃO ANDA BEM DAS PERNAS.
ASSIM COMO ACONTECEU COM A ANTIGA UNIÃO POR PERNAMBUCO, CAPITANEADA PELO SENADOR JARBAS VASCONCELOS, A FRENTE POPULAR PARECE ESTAR COM OS DIAS CONTADOS E EM MUITOS MUNICÍPIOS HAVERÁ DISPUTA DIRETA ENTRE PARTIDOS DA BASE E JÁ ESTÁ DECIDIDO: ONDE HOUVER ENFRENTAMENTO DE CANDIDATOS DE PARTIDOS ALIADOS O GOVERNADOR NÃO DARÁ A CARA DURANTE A CAMPANHA.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.