terça-feira, 21 de junho de 2011

NOTA À IMPRENSA


Considerações sobre as colocações do prefeito do Carpina, Manoel Botafogo.

Nesta terça-feira (21/6), a Folha de Pernambuco publicou matéria referente as alianças políticas no município do Carpina, antecipando as possíveis candidaturas para o pleito de 2012. A opinião expressada pelo atual prefeito, Manoel Botafogo, merecem reavaliação pela postura que o gestor público vem tomando, de forma agressiva e que fere os princípios da liberdade e democracia.

Quero neste momento declarar minha opinião, enquanto integrante da oposição em Carpina e idealizador para uma nova gestão pública naquele município.

1 - A minha posição é muito clara sobre a política do Carpina. Apoio hoje os candidatos de oposição e tenho articulado a união desse grupo em torno de nomes que venham construir uma política séria e ética, compromissados com o desenvolvimento daquela localidade.

2 – Joaquim Lapa e Carlinhos do Moinho, muito têm a contribuir para o desenvolvimento do município. A junção dessas duas forças, hoje consolidadas em Carpina, são aclamadas pela vontade popular, na oposição contra o atual Governo. 

3 – Tenho uma conduta contrária a qualquer tipo de “rinha” ou “briga” no campo político, entendendo que na condição de parlamentar e articulador, lado oposto não se pode considerar como inimigo.

4 – Jamais questionei ou pressionei o prefeito e seu grupo político contra a candidatura de Josafá Botafogo. O sol nasceu para todos e a política é um campo de oportunidades onde todos têm o direito de se submeter a avaliação popular.

5 – Quanto aos termos “chulos” disparados pelo prefeito Manoel Botafogo, não é de se assustar quando o mesmo os utiliza. Já é costume do prefeito apropriar-se de atitudes que ferem a ética e a moral, sendo o mesmo insensível a qualquer debate público quando o assunto é a sucessão da prefeitura do Carpina.

6 - O prefeito ao invés de querer estabelecer uma dinastia na política local, deveria cuidar mais do município e perceber a importância de Carpina, que está perdendo posto no eixo do desenvolvimento de Suape, pela falta de visão do prefeito em não lutar pela viabilização de um Distrito Industrial e a criação de uma política fiscal para atrair indústrias.

7- Carpina é uma cidade polo, conhecida internacionalmente pela sua cultura tão salutar na identidade dos costumes pernambucanos. A gradativa melhora na qualidade de vida do seu povo deve ser pautada nas ações dos seus gestores, buscando atingir a autoestima da comunidade carpinense.

8 - Por último, tenho obrigação de afirmar que, na política, as posições se constroem no diálogo com lideranças, as nossas aspirações e desejos se fazem na construção de uma Carpina melhor, com gestores empenhados no bem dos seus cidadãos.

Atenciosamente,
Antonio Moraes
Deputado Estadual – PSDB
Recife, 21 de junho de 2011 


0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.