terça-feira, 14 de setembro de 2010

SÉRGIO GUERRA


NOME : Severino Sérgio Estelita Guerra
DATA DE NASCIMENTO: 09/11/1947
GRAU DE INSTRUÇÃO: Superior completo
PARTIDO: PSDB
NÚMERO: 4510
LIMITE DE GASTOS NA CAMPANHA: R$ 3.000.000,00
DECLARAÇÃO DE BENS: R$ 3.014.044,83

Sérgio Guerra é senador por Pernambuco, eleito em 2002 com mais de um milhão e seiscentos mil votos. Foi deputado estadual por duas vezes e federal por três. Foi secretário de governo nas gestões dos então governadores Miguel Arraes e Jarbas Vasconcelos. Atualmente é o presidente nacional do PSDB. Guerra tornou-se a estrela maior do partido, sendo cogitado, inclusive, para ocupar a vaga de vice na chapa liderada pelo governador paulista José Serra. Em todas as discussões oposicionistas em caráter nacional aí está o tucano com suas colocações. Tem sido um ferrenho crítico da administração petista, o que lhe garantiu a coordenação geral da campanha tucana para presidente.
No âmbito estadual, Gerra dá sinais claros de afastamento da antiga União por Pernambuco, liderada pelo grupo de Jarbas Vasconcelos (PMDB). O sepultamento da mesma ocorrerá logo após as eleições com o provável alinhamento do tucano com a base governista, que deverá ser retomada por Eduardo Campos (PSB). Na prática, Guerra e Jarbas, apesar de fazerem parte da mesma coligação, quase não se falam mais e fazem suas campanhas separadamente.
O prestígio político de Sérgio Guerra o tornou o mais influente e respeitado político da Mata Norte. A questão agora é saber quem terá mais votos na região: se o tucano ou a socialista Ana Arraes, mãe do governador.
Especificamente em Vicência, Sérgio Guerra tem o apoio do ex-prefeito Mário Ramos (PSDB) e do vereador Romeu do Povo (PT), além do ex-vereador Sandoval (PPS). Não fora o compromisso do atual prefeito com a deputada Ana Arraes, certamente o doutor Paulo Tadeu (PSB) estaria apoiando o senador tucano. Se a campanha fosse mais polarizada, teríamos várias lideranças de correntes políticas diferentes em um só palanque aqui em Vicência. Como o ex-prefeito Mário Ramos está mais focado na campanha para deputado estadual e com a parabólica apontada para 2012, coube ao vereador Romeu a coordenação local da campanha do candidato a federal na cidade. Tal versatilidade provocou dois fatos inusitados recentemente: Guerra subiu no palanque do ex-prefeito Mário Ramos, no qual estavam o prefeito de Carpina Manoel Botafogo (PSDB) e o seu filho Josafá, candidato a deputado estadual. Em seu discurso elogiou o prefeito planaltino e pediu votos para o filho dele (Botafogo Filho - PDT); na semana seguinte veio de helicóptero para a carreata promovida pelo vereador Romeu e elogiou o ex-deputado Carlos Lapa (PP), inimigo declarado da dupla acima citada. Mas como o que vale é o voto no dia 3, ninguém está nem aí para esses pormenores.
Sérgio Guerra disputará voto a voto com a deputada ana Arraes a primeira colocação na disputa para federal em Vicência. Se chegar em primeiro será um grande trunfo do vereador Romeu que já dá como certa uma boa votação do candidato ao senado Humberto Costa (PT), chamado pelo prefeito de Ficha Suja.

0 comentários:

Postar um comentário

LEIA AGORA NO VICENCIANET.
Todo mundo gosta. Todo o mundo acessa.